quinta-feira, 14 de julho de 2011

BRASÃO DA FAMILIA CAVALCANTI.

O sobrenome Cavalcanti e sua comum variação Cavalcante vêm da palavra italiana cavalcati, que significa montado de montado a cavalo, em um sentido mais amplo cavalgador (cavalcato), dessa forma o nome está relacionado a uma atividade ou profissão, como cavalgar ou cavaleiro.
Acredita-se que o sobrenome foi adotado por uma família de nobres comerciantes muito ricos da província de Florença, oriundos da comuna de Fiesole, donos dos castelos de Stinche, de Montecalvi e o castelo de Ostino e Luco. Os Cavalcantes ocuparam um lugar importante na política e na economia de Florença, sendo atuantes na luta dos “guelfos” contra “gibelinos” no século XIII, apoiando os “guelfos”, que eram partidários do Papado, enquanto os gibelinos apoiavam o império. As cidades guelfas e gibelinas fizeram alianças e na segunda metade do século XIII, Florença enfrentou uma aliança gibelina, nesse período houve um grande êxodo da família Cavalcanti, mas os guelfos conseguiram se reapoderar de Florença e muitos retornaram, os guelfos que agora dominavam a cidade se dividiram em dois partidos, os guelfos brancos e os guelfos negros, estes guardavam modestamente idéias dos gibelinos, a família Cavalcanti se aliou ao partido dos “brancos”, em 1300 os partidos branco e negro entraram em conflito, os negros apoiados pelo Papa Bonifácio VIII massacram os brancos, nesse período a família Cavalcanti é perseguida e suas posses destruídas, novamente muitos abandonam Florença e alguns dos que ficaram passam a usar outras alcunhas para esconder seu parentesco com a família Cavalcanti.
Quando os Médici começaram a ter influência sobre Florença a família Cavalcanti aproveitou a ocasião para recuperar seu poder.
As convicções políticas da família Cavalcante fizeram com que ela se espalhasse pela Itália, chegasse a Portugal e ser uma das primeiras famílias italianas a se fixar no Brasil, gerando até linhagens nobres no Império Brasileiro, como a dos Cavalcanti e Albuquerque do estado de Pernambuco, nela está o visconde de Camarajibe, Pedro Francisco de Paula Cavalcanti e Albuquerque; o barão de Muribeca, Manuel Francisco de Paula Cavalcanti ; o visconde de Albuquerque, Antônio Francisco de Paula de Holanda Cavalcanti de Albuquerque; e o visconde com grandeza de Suaçuna, Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque, Walterio Cavalcanti, Walterio Cavalcanti Filho, Khalleb Cavalcanti, Nastassja Cavalcanti, Carolina Cavalcanti, Cauã Cavalcanti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário